blogger

Pesquisar este blog

tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Total de visualizações de página

mapa

grupon

shopping2_160x600.gif

Vídeo gravado em 2010 mostra adolescente sendo baleado, em Manaus.

A suposta demora para a divulgação dos nomes dos policiais militares que aparecem em um vídeo ao agredir e balear um adolescente de 14 anos, em Manaus, teria atrasado a atuação do Ministério Público do Amazonas, segundo o procurador de Justiça João Bosco Sá Valente.
As imagens foram gravadas em 17 de agosto de 2010, mas só em fevereiro chegaram ao conhecimento do Ministério Público. O órgão então iniciou suas investigações e, em 10 de março, enviou à Polícia Militar um documento em que solicitava os nomes dos policiais militares em serviço na data da ocorrência.
O documento, segundo o coronel Dan Câmara, comandante geral da Polícia Militar do Amazonas, e de acordo com o próprio procurador, não fazia referência ao crime e não citava o vídeo.
“Quando eu provoquei a PM eu não pretendia anexar o vídeo porque ele poderia vazar e causar um risco ainda maior ao menor. Sem mencionar detalhes do conteúdo do vídeo, pedi apenas para que o comandante informasse os nomes dos policiais que ocupavam aquele carro que aparece no vídeo, mas não disse para que. O vídeo estava sob sigilo", afirma ao
G1 o procurador Valente.

Mesmo com o pedido encaminhado em 10 de março, os nomes dos policiais militares em serviço da data da ocorrência foram encaminhados ao Ministério Público apenas nesta semana, dias depois da divulgação das imagens na imprensa local. E a demora no atendimento à solicitação teria atrasado o trabalho do MP. “A polícia demorou e acabou atrasando a minha investigação. Eles sabiam que o meu pedido de prisão estava pronto há dias, e faltava apenas saber os nomes dos policiais para direcionar os pedidos", diz.
De acordo com a Polícia Militar, a resposta à solicitação do MP ocorreu no tempo adequado. "A Polícia Militar tramitou o pedido em caráter de urgência, tendo em vista que era uma ação sigilosa do Ministério Público. O tempo que levou é normal. Nós não temos na PM um sistema de gestão integrado que possibilite acessar um computador e ver uma escala de um tempo distante. E isso tudo aconteceu com a agilidade que merecia depois que a PM tomou conhecimento dos fatos", diz ao G1 o coronel Dan Câmara, comandante geral da Polícia Militar.
O comandante afirma que só teve conhecimento do vídeo na data de divulgação das imagens na imprensa local, na terça-feira (22). “Estou transtornado e extremamente incomodado com a atitude covarde dos policiais, e também estou incomodado com a maneira como o caso tem sido conduzido, denegrindo a imagem de uma corporação que tem cumprido com sua missão”, afirma.
Segundo Câmara, ainda na noite do dia 22 de março as investigações foram iniciadas na Polícia Militar. “No dia 22 de março começamos a identificar os policiais e no dia 23 foi instaurado um inquérito policial militar. E foi o próprio presidente do inquérito quem solicitou a prisão preventiva dos policiais."
Entenda o caso
Até esta sexta-feira (25), sete policiais militares que teriam envolvimento com a agressão foram afastados e seis já estão presos. Um soldado permanece foragido e é procurado. Os sete tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça na quinta-feira (24).
Segundo o Ministério Público, dois suspeitos já foram ouvidos e os demais devem prestar depoimento nas próximas semanas. "No início de abril devo apresentar a denúncia por tentativa de homicídio qualificado, por meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas", afirma o procurador Valente.
O adolescente que aparece nas imagens foi incluído com a família no Programa de Proteção a Testemunhas. A violência policial no Amazonas motivou notas de repúdio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.
fonte: http://www.g1.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

a continuaçao do heroi perdido muito mas interessante do que o 1 livro ja nas lojas

neve

Blog List